Exposição em Nova York conta a trajetória do estilista espanhol Balenciaga

Prepare-se para mergulhar no universo de Balenciaga, um dos maiores nomes da moda do século 20. Nesta sexta-feira (19), o Queen Sofía Spanish Institute, espaço dedicado à cultura espanhola em Nova York, inaugura a mostra “Balenciaga: Mestre Espanhol”, com 70 vestidos, acessórios e croquis criados pelo estilista nascido em Guetaria, região basca da Espanha.Famoso por criar silhuetas arquitetônicas, Cristóbal Balenciaga (1895-1972) começou a costurar ainda na infância, aos 14 anos, e abriu seu primeiro ateliê em 1916, na cidade de San Sebastian, vizinha a Guetaria.

A exposição fará paralelos entre o trabalho de pintores espanhóis como Goya, Picasso, Sorolla e Miró e os traços de Balenciaga, e mostrará ainda como a cultura espanhola, marcada pelas touradas e pelo flamenco, influenciou os desenhos do estilista. Entre as peças expostas, estão vestidos inspirados na dança e trajes que vestiram toureiros.

Sem seguir tendências, Balenciaga chegou ao auge nos anos 50 e reinou na alta-costura com sua moda de formas equilibradas, de olho nas proporções — foi ele um dos primeiros estilistas a destacar os ombros femininos em suas roupas. Também foi o criador do vestido-saco, lançado em 1956.

A mostra “Balenciaga: Mestre Espanhol” ficará em cartaz até 19 de fevereiro de 2011.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: