Senado americano aprova proposta contra cópias na moda

Um painel do senado americano nessa quarta-feira, 1° de dezembro, aprovou uma proposta para proteger modelos de roupas únicas – como, por exemplo, vestidos de alta costura – de cópias por outros fabricantes.

O Ato de Prevenção de Pirataria e Proteção ao Design Inovador engloba artigos de moda masculina, feminina, infantil, roupas íntimas, luvas, calçados, chapéus, bolsas, carteiras, cintos e armações de óculos. A proposta não protege nomes e logotipos de marcas – como as frequentemente falsificadas Louis Vuitton ou Lacoste -, porém, irá punir as empresas que manufaturarem ou venderem cópias dos designs das grifes.

A proposta ainda inclui uma exceção, quando um indivíduo costura ele mesmo uma única peça de roupa copiando um modelo de grife. Essa peça deve ser usada pelo próprio costureiro ou por um membro de sua família e não poderá ser comercializada. A data da votação da proposta ainda não foi divulgada. As informações são da agência AFP.

Modelos Louis Vuitton: cópia frequente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: